'

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Leituras de Abril

Leituras boas em Abril... dá uma olhada!

 Eu achei bem legal conhecer esse outro lado da famosa escritora Clarice Lispector, 
mas com certeza muita coisa do livro não se aplica no mundo atual.

Muito bacana todos os insights desse livro do Daniel Goleman, 
mas dá um desespero perceber que a gente simplesmente não presta atenção em nada.

"De volta ao mosteiro" é a continuação do famoso "O monge e o executivo", que trata do princípio de liderança servidora. No segundo livro, o autor ainda dá dicas para a construção de uma equipe de alta performance.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Faça Algo


Eu costumava escrever sobre o que eu estava sentindo em relação a alguém.  Sempre um amor acabado, não correspondido, ou no mínimo conturbado. Aí percebi onde estava o meu erro: eu não tenho que passar semanas e meses refletindo sobre “alguém”; preciso refletir sobre mim.
A partir daí passei pela maior modificação na minha vida até hoje... Comecei a pensar em mim antes de pensar no outro, comecei a me amar antes de querer que alguém me ame.
Sim, eu sei que é exatamente isso o que todo mundo fala e sim, eu também não acreditava em nenhuma dessas palavras. Mas não é que dá certo? Passar um tempo sozinha faz um bem pra alma... Você pode aproveitar pra se reencontrar, relembrar seus verdadeiros gostos, ficar o fim de semana inteiro dormindo ou vendo Netflix.
Soa ridículo, mas é verdade: terminar um namoro é triste demais (pra mim sempre parece o fim do mundo), mas ao mesmo tempo é uma oportunidade pra fazer e sentir coisas que acompanhada simplesmente não dá. Não dá por conta dos compromissos, não dá porque é preciso se preocupar com o outro, não dá porque as decisões são em conjunto.
Mas agora, minha única preocupação é comigo mesma! E isso traz paz. Agora eu decido sozinha pra onde eu vou no fim de semana, decido sozinha o cardápio dos jantares, decido sozinha as séries e filmes, escolho as músicas que vão tocar no carro, decido se vou depilar nessa semana ou na próxima.
Então, a minha grande dica é a seguinte: FAÇA ALGO! Ficar deitada na cama pensando no seu grande amor que se foi só serve pra cegar seus olhos para o próximo amor que pode chegar a qualquer momento, e ainda te faz perder as maravilhosas chances de ter o pleno controle sobre a sua própria vida. Curta o momento. Enxergue coisas boas independente de qualquer situação (seja uma espécie de Pollyana).
Afinal, o destino é especialista em reviravoltas. E tudo o que for ser vai dar um jeito de chegar até você. Ajude o universo a conspirar a seu favor.

Seja feliz!

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Leituras do Trimestre

Sumi, sim. Pra sempre, nunca. A barra tava pesada, mas agora estou melhor... Então bora registrar as minhas leituras desse primeiro trimestre de 2017.


Lady Macbeth do Distrito de Mtzensk
Pelo nome, você acha que a história vai ser uma total referência Shakespeariana, mas a personagem principal passa por vários ciclos psicológicos malucos e que mudam completamente a história dela, sempre de uma hora pra outra.


Atenção Plena – Mindfulness
Sempre ouvi falar sobre meditação e não dava nenhum crédito, mas recebi a indicação desse livro e agora virei adepta! Além de um CD para meditação guiada, os capítulos oferecem exercícios e exemplos para melhorar sua qualidade de vida... Vale a pena.


A Livraria Mágica de Paris
Escrito para quem tem um amor especial pela leitura. Cheio de referências e citações, o livro conta a história de Jean Perdu, o livreiro que viaja pela França em seu barco-livraria procurando respostas para o passado e motivação para o presente. Incrível!


Versão Beta
Estar sempre disposto a se reinventar. Esse é o lema do livro de Rodrigo Barros, que conta sua trajetória pelo empreendedorismo e dá dicas de como estar em constante evolução e aprimoramento de si mesmo.


Felicidade dá lucro
Eu costumo ter preconceito com esses livros de autoajuda empresarial que contam sobre a ascensão de um empresário específico, mas meus julgamentos foram destruídos com esse livro do Márcio Fernandes, CEO da Elektro, empresa que tem um índice de satisfação dos funcionários de 99%. Ele narra, sem ser arrogante, como conseguiu convencer a todos de que o mais importante é a felicidade.


O Poder do Hábito
O autor ensina uma das fórmulas para mudança de hábito e como todo o processo funciona. Os exemplos de casos reais dão uma ideia de como toda a teoria se aplica no nosso dia-a-dia.


Fortaleza Digital

Minha primeira aventura do Dan Brown. Sempre ouvi falar bem do autor, mas nunca tinha testado para comprovar. Fato é que a narrativa é bem escrita e prende a leitura do começo ao fim... Ideal para quem ama tecnologia.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Leitura de Outubro

A correria de fim de ano chegou com força! Tempo cada vez mais escasso por aqui... Em outubro só tive tempo de começar o primeiro volume da coleção do Sherlock Holmes.

Sherlock Holmes
Esse volume contém os romances "Um estudo em vermelho", "O sinal dos quatro" e vários contos. Os volumes estão organizados em ordem cronológica de publicação, então o primeiro romance - além de ser um caso muito maluco - ainda conta como o Holmes conheceu o Dr. Watson... Elementar!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Gordices: Panna Cotta


Ultimamente estou na vibe de cozinhar, e meus pratos preferidos pra fazer são os doces! Que tal testar uma receita delícia no feriado?

A panacota ou panna cotta (em italiano significa literalmente "nata cozida") é uma sobremesa típica da região italiana do Piemonte, elaborada a partir de nata de leite, açúcar, gelatina e especiarias. Consome-se sozinha, com compotas ou com fruta fresca.

Eu fiz essa receita e ficou ma-ra!!!

PANNA COTTA COM CALDA DE FRUTAS VERMELHAS
Tempo de preparo: mais de 60 minutos | Rendimento: 4 porções

Ingredientes

Panna cotta:
* 300ml de creme de leite
* 200ml de leite
* 90g de açúcar
* 5g de gelatina
* 1 fava de baunilha

Calda de frutas vermelhas:
* 200g de frutas vermelhas congeladas
* 50g de açúcar
* 1 colher (sopa) de vinho do Porto

Modo de Preparo

Panna cotta:
Corte a fava de baunilha ao meio raspando seu interior e coloque em uma caçarola junto com o leite, o creme de leite e o açúcar. Aqueça, sem deixar ferver, e acrescente a gelatina já hidratada em água. Coloque a mistura em forminhas e leve à geladeira por cerca de 4 horas. Na hora de servir, retire da geladeira, aqueça as forminhas em água quente e desenforme e cubra com a calda.

Calda de frutas vermelhas:
Aqueça todos os ingredientes juntos, até formar uma calda ligeiramente espessa. Passe por uma peneira e deixe esfriar. Se quiser uma calda mais rústica, não precisa coar.

A minha ficou assim, e todo mundo aqui em casa adorou! ;)